EU Newsroom

XPO Logistics lança projecto-piloto de tecnologia robótica em França

Noticias | Lyon, France | 24 de Março de 2021

A XPO Logistics, pioneira em soluções de transporte e logística à esfera global, anunciou o lançamento de um projecto-piloto de novas tecnologias em colaboração com a Balyo, programadora especializada em robótica para equipamentos de manuseamento de mercadorias. A XPO é a primeira operadora de logística na Europa a testar a mais recente empilhadora robótica da Balyo em condições reais. O primeiro projecto-piloto já está em andamento num centro de distribuição XPO perto de Blois (França).

Malcolm Wilson, chief executive officer para Europa na XPO, afirmou: "Temos o prazer de saber que os nossos testes no local ajudarão a optimizar empilhadores inteligentes para actividades logísticas. Ao pormos à prova a robótica nas nossas operações, exploramos assim estas aplicações para aumentar a eficiência para os nossos clientes e apoiar os nossos colaboradores”.

Pascal Rialland, CEO da Balyo, afirmou: "Temos estado a trabalhar em estreita colaboração com a XPO para melhorar a nossa mais recente tecnologia robótica para os seus espaços de armazenamento de última geração. A nossa colaboração consiste em validar o desempenho dos nossos robots autónomos em aplicações específicas para trazer o máximo de benefícios às operações logísticas da XPO."

As empilhadoras robotizadas do projecto-piloto têm uma altura de elevação de 11 metros e podem ser manobradas em corredores estreitos até uma altura baixa de 2,9 m, enquanto se movem de 10 a 20 paletes por hora, dependendo da aplicação. Operam com segurança em ambientes mistos de armazém, operando junto de funcionários e empilhadoras clássicas. A Balyo desenvolve os seus robots autónomos em colaboração com a Linde Material Handling.

"Os projectos-piloto têm por base a nossa relação com a XPO e a nossa emocionante colaboração com a Baylo", afirmou Holger Böhme, Vice-Presidente de Contas-Chave Internacionais da Linde Material Handling. "Juntos, contribuímos para fazer avançar a eficiência das operações logísticas através de tecnologias das quais podem resultar vantagens consideráveis nas tarefas executadas diariamente."