EU Newsroom

XPO Logistics associa-se à Truckers Against Trafficking para combater o tráfico de seres humanos

Noticias | Lyon, France | 11 de Janeiro de 2021

A XPO Logistics, pioneira em soluções para a cadeia de abastecimento à esfera global, anunciou hoje a sua parceria com a Truckers Against Trafficking (TAT) para dar um impulso ao compromisso da empresa contra o tráfico de pessoas. A colaboração corporativa da XPO, que ascende aos 25.000$, ajudará a financiar os esforços da TAT para erradicar o tráfico de pessoas através da formação dos seus motoristas na identificação de potenciais vítimas e traficantes. 
 
“Todos os dias, pessoas vulneráveis são vítimas de tráfico de seres humanos, sendo que muitas delas se encontram longe das suas respectivas casas”, explica LaQuenta Jacobs, directora de diversidade da XPO. O ramo do transporte encontra-se numa posição favorável para alertar as forças de segurança sobre actividades suspeitas de tráfico de pessoas. Temos orgulhos por podermos apoiar a TAT a adoptar medidas práticas para acabar com a escravatura moderna”.   
 
A XPO comunicou a sua iniciativa durante o Mês Nacional da Prevenção da Escravatura e do Tráfico de Seres Humanos para sensibilizar sobre a existência de recursos públicos facilmente disponíveis, como a linha de atendimento directa National Human Trafficking Hotline. O programa gratuito da TAT já formou mais de 975.000 motoristas de camiões, camionetas e autocarros na localização de indícios de tráfico de seres humanos. Milhares de motoristas já entraram em contacto com a linha directa, o que permitiu a recuperação de centenas de vítimas.  
 
A firme posição da XPO contra a violação dos direitos humanos reflecte-se na sua Política de tráfico de pessoas e nos cursos de formação electrónica do programa de estudos da XPO University. No Reino Unido, existe um módulo dedicado à luta contra a escravatura moderna (Countering Modern Slavery) que está disponível para consulta a todos os funcionários da XPO e que é obrigatório para as chefias. Nos EUA, a empresa integrou a formação TAT para os seus efectivos e motoristas de carga parcial em 2020, e este ano prevê realizar um curso de formação online idêntico para todos os trabalhadores. “Um dos nossos objectivos consiste em formar milhares de colegas XPO para que actuem como embaixadores da TAT e ajudem a dar a conhecer este tema em eventos celebrados por todo o país”, explica LaQuenta Jacobs. 
 
A Organização Internacional do Trabalho calcula que mais de 40 milhões de adultos e crianças são vítimas de tráfico de seres humanos. Os grupos mais vulneráveis são jovens sem abrigo, cidadãos estrangeiros e pessoas que tenham sofrido algum tipo de trauma no passado.