EU Newsroom

XPO Logistics amplia frota de veículos de combustível alternativo

Noticias | Lyon, France | 15 de Outubro de 2019

A XPO Logistics, fornecedora mundial de soluções de transporte e logística, realizou um novo e importante investimento em sustentabilidade com a aquisição de 100 camiões Stralis Natural Power Euro VI da marca IVECO. Os novos veículos serão utilizados na rede de transporte de mercadorias em paletes da empresa em França, que serve clientes das zonas da região de Lyon e Paris, bem como das regiões Sudoeste e Norte. 

A XPO é pioneira no seu ramo no que diz respeito à utilização de veículos movidos a gás natural nos seus serviços de transporte na Europa. A empresa compromete-se a reduzir a pegada ecológica (emissões de dióxido de carbono) da distribuição urbana, em linha com os objectivos fixados pelas principais cidades europeias. Os camiões Stralis Natural Power funcionam com uma combinação de gás natural liquefeito e comprimido (GNL/GNC) para gerar menos emissões de NOx, como prevê a norma Euro VI, e reduzir o ruído com elevada densidade demográfica. O investimento da XPO ampliará a sua frota de gás natural em França até um total de 170 camiões e 20 veículos adicionais de GNL/GNC que operam no Reino Unido, em Espanha e em Portugal. 

Troy Cooper, presidente da XPO Logistics, disse: "Os nossos investimentos contínuos em tecnologias de combustíveis alternativos constituem uma parte importante da nossa estratégia enquanto empresa sustentável. A XPO irá continuar a colaborar com fabricantes de camiões e fornecedores de energia para se assegurar de que dispomos dos melhores recursos para estarmos à altura da procura de soluções amigas do ambiente por parte dos nossos clientes".

A XPO tem um historial de décadas de excelência operacional em sustentabilidade, que inclui a formação ecológica dos motoristas e a colaboração com os fabricantes de veículos para melhorar a eficiência meio-ambiental. A empresa tem vindo a experimentar tecnologias de combustível alternativo adicionais para diversas necessidades de transporte nos mercados europeus, como veículos eléctricos para o serviço urbano até ao processo final de entrega de mercadorias no local definido pelo cliente no Reino Unido, em Espanha e em Itália.